O que se sabe sobre a jovem que gravou a própria morte com tiro do namorado

Ielly Gabriele Alves foi atingida no tórax e não resistiu aos ferimentos -  (crédito: Reprodução/Facebook)

Uma jovem de 23 anos, identificada como Ielly Gabriele Alves, filmou o momento em que foi morta com um tiro disparado pelo namorado, de 27 anos. O crime ocorreu no sábado (4/11), em Jataí, Goiás. O suspeito levou a mulher para o Hospital das Clínicas. Ielly morreu na unidade hospitalar.

Versão falsa

Diego Fonseca Borges, namorado da vítima, alegou que os dois estavam em um carro quando a jovem foi atingida por outro homem que ocupava a garupa de uma motocicleta. A versão, no entanto, levantou suspeitas da Polícia Militar. Os policiais verificaram o celular da vítima e encontraram a gravação do assassinato de Ielly, Ele foi preso em flagrante.

O que ocorreu?

No vídeo, os dois parecem estar em um local ermo. Ela, dentro do carro, filma o namorado, que está de costas. Ela o chama e ele mostra a arma. A jovem dá risos e aparenta não perceber o perigo. Então, o homem dispara. Após o tiro, a filmagem acompanha a queda de Ielly, atingida no tórax. A arma utilizada no crime foi encontrada próxima de onde o carro do homem estava estacionado.

Segundo o portal g1, o casal estava em um rancho de um tio de Diego. Em depoimento, o homem disse que eles foram ao local para que pudesse testar uma arma recém-comprada. Diego afirmou aos policiais que não sabia que o armamento estava carregado e que não tinha intenção de matar a namorada. A Polícia Civil investiga a motivação do crime. Diego continua preso.

O Correio tenta contato com a Polícia Militar e com a Polícia Civil para saber mais informações do caso, mas, até a última atualização desta matéria, o jornal não obteve retorno. O espaço segue aberto para eventuais manifestações.

Fonte: Correio Braziliense