Negado pedido que investiga contratos entre Secretaria Estadual de Saúde e Itorn

Por maioria de votos, o Plenário do Tribunal de Contas (TCE) acolheu esta semana voto-vista do conselheiro Francisco Potiguar Cavalcanti Júnior, e negou dois dos três pedidos cautelares proposta pelo corpo técnico do Tribunal, que tinham sido acatados em parte no voto do conselheiro relator Carlos Thompson Costa Fernandes.

O relator divergiu do corpo técnico apenas quanto ao superfaturamento do valor do aluguel dos imóveis, ao marco inicial do possível dano e ao seu valor. Em menor extensão, no voto do Conselheiro Gilberto Jales. Em analise o contrato de aluguel de imóveis e equipamentos para o funcionamento do Hospital Ruy Pereira, em Natal.

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.