Na Argentina, Bolsonaro e Eduardo terão encontro com líder de ultradireita Viktor Orbán

O presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Hungria Viktor Orbán
O presidente Jair Bolsonaro e o presidente da Hungria Viktor Orbán — Foto: Attila KISBENEDEK / AFP

Jair Bolsonaro e seu filho Eduardo Bolsonaro terão um encontro com o primeiro-ministro da Hungria e representante da ultradireita mundial, Viktor Orbán.

A agenda está marcada para acontecer na Argentina, nesta sexta-feira. Eduardo vai fazer parte da comitiva que acompanhará o ex-presidente brasileiro na posse de Javier Mili, no domingo.

Bolsonaro e Orbán chegaram a se encontrar pessoalmente quando o brasileiro, ainda na Presidência, viajou para a Hungria. Na ocasião, Bolsonaro disse que o país era um “pequeno grande irmão” e destacou os “valores” que ambos compartilham.

O primeiro-ministro também gravou um vídeo no ano passado em apoio à reeleição de Jair Bolsonaro.

O Parlamento Europeu já constatou que a Hungria vive, hoje, uma autocracia liderada por Orbán, considerado um expoente do conservadorismo no mundo. O órgão criticou a política do primeiro-ministro por infrações contra o Estado de direito, nepotismo, corrupção, cooptação dos meios de comunicação, neutralização da oposição e perseguição a minorias e à população LGBTQIAP+.

Fonte: O Globo

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.