Músico Esso Alencar lança disco “Várzea da Caatinga” em turnê potiguar

Começa nessa sexta, 15, a turnê anual que o músico Esso Alencar vem empreendendo em território potiguar, através do CIMA – Circuito Itinerante de Música Autoral. O CIMA pretende chamar a atenção para a importância e a necessidade de uma política pública para a música produzida no RN.

Para este ano estão já confirmadas as datas em cidades do Seridó, Agreste e Oeste do estado, num roteiro de apresentações que eventualmente acontecem conjugadas à oficina ‘Produção Musical no Mundo Digital’. Após a primeira data em Currais Novos, as cidades seguintes são: Caicó (16), Florânia (17), Martins (21) e Mossoró (23), além de Macaíba (06/abril) e São Gonçalo do Amarante (04/maio).

Esso apresenta nessa temporada o show Agreste (solo), em que mostra seu CD Várzea da Caatinga. No palco, as músicas do disco ganham versões mais intimistas e mais espontâneas. Este é o terceiro disco do cantor/compositor, assim intitulado em referência ao nome antigo de sua cidade natal.

Contendo 13 faixas, ‘Várzea da Caatinga – forrós magnéticos’ remete às raízes sertanejas do autor e revela as influências da cultura nordestina em sua criação, dialogando com a obra de artistas regionais, como Luiz Gonzaga e Jackson do Pandeiro, além do seu próprio pai sanfoneiro, Zé de Cezário, a quem o CD é dedicado. Lulinha Alencar foi corresponsável pela maioria dos arranjos ao lado do irmão e imprimiu sua versatilidade e riqueza harmônica ao conjunto.

Natural da caatinga do sertão potiguar, Esso iniciou sua carreira musical em Natal, onde cantou e compôs para a banda “Os Quatro”, (1991-2001). Após sua atuação na cena roqueira da capital, investiu no intimismo de uma linguagem mais contida e serena em seus três CDs: Bossta Nova (2006), Alma de Poeta (2009) e Várzea da Caatinga (2017).

Mais informações clique aqui