Municípios vão passar por treinamento para utilização do novo sistema que começará a ser implantado nesta segunda-feira

Na próxima semana, de 8 a 10 de junho será feito o treinamento dos municípios para utilização do novo sistema que começará a ser implantado nesta segunda-feira (9), em Natal, e na quinta-feira (11) para os demais municípios da Região Metropolitana e Mossoró. No dia 15 deste mês, ele será disponibilizado para os demais municípios. O diretor do Parque Tecnológico do IMD-UFRN, professor Anderson Paiva Cruz, explicou que o novo sistema desenvolvido por 11 pesquisadores vai assegurar melhor gerência e validação das informações oriundas de várias fontes e permitir o acompanhamento e investigação de cada caso de Covid-19 no Estado. “A Sesap, as secretarias municipais e as regionais de saúde passam a contar com um sistema mais ágil e eficiente. Permite a investigação de cada caso, todos os registros de migração de pacientes e oferece um panorama da situação em cada região, em cada município e do Estado”, afirmou Anderson Paiva.

Inicialmente o sistema vai ser utilizado no acompanhamento dos casos de Covid-19 e outras doenças virais, como Dengue e Chickungunya. Mas poderá ser utilizado para outras áreas, permitindo o conhecimento do comportamento das epidemias e a definição de estratégias para prever e definir novos surtos de doenças. A parceria do Governo do Estado com a UFRN também permitiu a criação de outros sistemas como o Recrutamento de Profissionais de Saúde, que recebeu mais de 17.600 mil cadastros em duas chamadas, e o Sistema de Leitos, que agiliza a disponibilização de vagas nas unidades públicas e privadas de saúde no RN. Atualmente, o sistema tem 966 leitos cadastrados em 61 unidades de saúde. Anderson Paiva ressaltou que estes sistemas têm o acompanhamento do Ministério Público.