Município deve rever forma de pagamento de energia dos permissionários do Açougue e de outros espaços públicos

Ainda na entrevista concedida ao Panorama 95 desta terça-feira (23) o procurador de Caicó, João Braz confirmou que o Município deve rever a forma como o pagamento da energia dos pontos dos permissionários do Açougue Público e de outros espaços públicos são tratados em Caicó.

Atualmente quem paga a conta da energia desses espaços é o Município, e não os permissionários. “Já identificamos que os permissionários exploram suas atividades econômicas, mas quem paga a conta, principalmente da energia é a população. Com certeza isso também será revisto, se você é comerciante, você está numa atividade econômica e toda atividade econômica tem suas obrigações e seus direitos”, explicou.