Motorista por aplicativo é preso por participação em roubo de relógios Rolex e joias em Natal

Um dos relógios Rolex que haviam sido roubados e foram recuperados pela polícia — Foto: Divulgação
Um dos relógios Rolex que haviam sido roubados e foram recuperados pela polícia — Foto: Divulgação

Um motorista por aplicativo de 25 anos de idade foi preso nesta segunda-feira (10) em Natal suspeito de participar de um roubo a uma casa no bairro Ponta Negra, na Zona Sul da cidade. No crime, foram levados relógios Rolex e outras joias, que foram avaliados em quase R$ 1 milhão, segundo a Polícia Civil.

O roubo ocorreu no dia 18 de maio deste ano. De acordo com a Polícia Civil, o motorista por aplicativo deu apoio aos criminosos que invadiram a residência dirigindo para eles no dia no crime – papel conhecido como “cavalo”.

📳Participe do canal do g1 RN no WhatsApp

A prisão foi efetuada por policiais Civis da Delegacia Especializada de Furtos e Roubos (DEFUR/Natal) na 3ª fase da “Operação Perpétuos”.

Oito mandados de busca e apreensão também foram feitos – nos bairros Igapó, Rocas, Passo da Pátria e Gramorezinho.

Na 1ª fase da operação, dois dias após o crime, a polícia prendeu em flagrante um suspeito pelo crime de receptação, sendo apreendidos quatro relógios Rolex e outros produtos roubados.

Já a 2ª fase se deu quando a polícia recapturou os dois foragidos da Penitenciária Estadual Rogério Coutinho Madruga, que haviam fugido no dia 30 de abril.

Segundo a polícia, Gustavo Rocha e Ricardo Campelo foram responsáveis por ceder a arma utilizada no crime. Eles vão responder também pelo crime de posse irregular de arma de fogo.

A Polícia Civil informou que continua com as investigações para identificar mais integrantes dessa associação criminosa. Em caso de informações, elas podem ser enviadas de forma anônima pelo Disque Denúncia 181.

Fonte: G1 RN

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.