Motorista do Porsche foi gravado com voz arrastada antes de acidente

"Vamos jogar sinuca", disse Fernando para a namorada e uma amiga que estavam presentes no local - (crédito: Reprodução/Redes sociais)

Antes de causar o acidente que matou o motorista de aplicativo Ornaldo da Silva Viana, o empresário Fernando Sastre de Andrade Filho foi gravado dentro do Porsche falando com uma voz arrastada. “Vamos jogar sinuca”, disse Fernando para a namorada e uma amiga que estavam presentes no local. No registro, é possível ver que as duas mulheres riam do empresário. Depois, a namorada se negou a entrar no carro.

Segundo o g1, o vídeo foi incluído no processo que apura a causa e responsabilidade de Fernando no acidente de 31 de março. Fernando foi indiciado por homicídio doloso, lesão corporal e fuga do local de acidente.

 

O laudo da Polícia Técnico-Científica sobre o caso mostrou que o Porsche conduzido por Fernando circulava a 156,4 km/h antes de causar o acidente. A tragédia ocorreu na Avenida Salim Farah Maluf, na zona leste de São Paulo. A via em questão tem o limite de velocidade estipulado em 50 km/h.

Além da morte do motorista de aplicativo, o acidente deixou o estudante Marcus Vinícius Machado Rocha gravemente ferido. Ele estava no banco da frente do Porsche. Marcus fraturou quatro costelas e teve o baço retirado.

O empresário foi transferido para a Penitenciária 2 de Tremembé, em São Paulo, no último sábado (11/5). A unidade prisional é conhecida por receber pessoas envolvidas em crimes de repercussão nacional, como o ex-jogador Robinho (preso por estupro).

A Justiça de São Paulo determinou que Fernando deve pagar dois salários mínimos (R$ 2.824) por mês à família do motorista de aplicativo Ornaldo da Silva Viana, 52 anos, que morreu no acidente.

Fonte: Correio Braziliense

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.