Ministério da Justiça mobiliza 43 mil policiais contra feminicídio

Balanço da Operação Shamar: prisão em flagrante de 7.052 agressores de mulheres, além do cumprimento de 1.432 mandados de prisão por violência doméstica -  (crédito: Marcos Santos/ USP imagens )
Balanço da Operação Shamar: prisão em flagrante de 7.052 agressores de mulheres, além do cumprimento de 1.432 mandados de prisão por violência doméstica - (crédito: Marcos Santos/ USP imagens )

O Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP) fez, nesta segunda-feira (18/9), um balanço da operação Shamar, uma ação conjunta com as polícias Civil e Militar nos estados para o combate à violência doméstica e ao feminicídio. Segundo os dados apresentados pelo ministro Flávio Dino, foram instaurados mais de 35 mil inquéritos policiais para apurar casos de violência doméstica no curso da ação.

Segundo o secretário Nacional de Segurança Pública (Senasp), Francisco Tadeu Alencar, a operação teve como objetivo integrar as forças federais às estruturas de segurança pública dos estados. “As matérias que são objeto dessas operações integradas, como as preocupações com a violência de gênero, são um elemento condutor da política nacional de segurança pública”, disse Alencar.

Dino ressaltou que, na dinâmica da operação, o ministério fez a coordenação das polícias dos diferentes estados, além de ter investido R$ 3 milhões para o pagamento de diárias de policiais estaduais envolvidos na ação.

“Essa operação integrada segue a seguinte dinâmica: nós, do Ministério da Justiça e Segurança Pública, através da Senasp, fazemos a coordenação das polícias estaduais, fazemos o repasse financeiro para as secretarias participantes. Nesse caso foram aproximadamente R$ 3 milhões empregados. Com isso, as secretarias estaduais, as polícias estaduais, conseguem pagar diárias, que significa ‘comprar a folga’ dos policiais, abastecer as viaturas e assim sucessivamente. Esse é um modelo que estamos intensificando, quase que semanalmente, aqui no ministério”, explicou Dino.

Números

No balanço da Operação Shamar, o Ministério da Justiça apontou ainda que foram empregados mais de 43 mil policiais, em 4.312 municípios em todos os estados, com a prisão em flagrante de 7.052 agressores de mulheres, além do cumprimento de 1.432 mandados de prisão por violência doméstica e a apreensão de 473 armas de fogo.

Fonte: Correio Braziliense

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.