Mestrado Profissional em Geografia do Ceres recebe conceito 4 da Capes

O Programa de Pós-Graduação em Geografia – Mestrado Profissional (Geoprof), do Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres), obteve conceito 4 na Avaliação Quadrienal 2017-2020 realizada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Os critérios de padrão de qualidade são baseados na proposta do programa, no corpo docente e na produção intelectual. 

O Geoprof, além de ser o primeiro mestrado profissional em Ensino de Geografia do Brasil, também foi o curso pioneiro a receber, no Ceres, o conceito 4. Tânia Garcia, professora do Departamento de Educação (DEDUC) da instituição, explica que o mestrado desenvolve pesquisas com intuito de intervenção direta no sistema de ensino e nas escolas, com foco no ensino e na aprendizagem. 

A docente afirma que o principal ponto a ser levado em consideração na última avaliação foram os resultados e produtos dos trabalhos de conclusão de curso realizados. “Temos vários alunos que implantaram seus produtos nas prefeituras e nas escolas, tanto em termos de material didático, como de recursos educacionais que apoiam o desenvolvimento da atividade do ensino de Geografia”, relata Tânia Garcia.

Para a professora, a grande alegria de conseguir o conceito 4 é que esse resultado evidencia o impacto positivo que essa formação tem nas escolas. “Isso faz com que nós contribuamos, também, para os números de excelência e de qualidade que a UFRN tem alcançado nos últimos anos e que nos motiva a continuarmos num trabalho crescente”, conclui.

O Geoprof foi criado em 2014 e tem atuação no campus de Caicó e Natal, no Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA/UFRN). O Programa tem a finalidade de atender às demandas de formação para professores de Geografia da rede básica de ensino e conta com duas linhas de pesquisa: Saberes geográficos no espaço escolar e Metodologia do Ensino de Geografia.

A Capes realiza a avaliação quadrienal desde 1998 como forma de manter a qualidade dos cursos de pós-graduação no país. Além disso, a avaliação identifica possíveis assimetrias regionais e de áreas estratégicas do conhecimento no Sistema Nacional de Pós-Graduação (SNPG).

RESUMO: Mestrado Profissional em Geografia do Ceres recebe conceito 4 no Capes

Karen Sousa – Agecom/UFRN

O Programa de Pós-Graduação em Geografia – Mestrado Profissional (Geoprof), do Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres), obteve conceito 4 na Avaliação Quadrienal 2017-2020, realizada pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes). Os critérios de padrão de qualidade são baseados na proposta do programa, no corpo docente e na produção intelectual. O Geoprof foi o primeiro curso do Ceres a receber nota 4 na avaliação. Leia mais.