‘Massacre em Gaza’ cancela as festas de Natal em Belém, onde nasceu Jesus

Natal em Belém costuma atrair milhões de turistas
Natal em Belém costuma atrair milhões de turistas — Foto: Reprodução

A guerra entre Israel e o grupo terrorista Hamas, na Faixa de Gaza, provocou o cancelamento das celebrações de Natal em Belém, na Palestina. A cidade é conhecida por ter sido o local de nascimento de Jesus de Nazaré, e é considerada uma das mais antigas comunidades cristãs do mundo. As celebrações não serão realizadas “em homenagem aos mártires e em solidariedade ao nosso povo em Gaza”.

Neste ano, não haverá árvores de Natal ou luzes decorativas na Praça da Manjedoura, o local exato onde Jesus teria nascido. Essa é a primeira vez que a festa foi cancelada, desde o início Mesmo durante a pandemia de Covid-19, a praça foi decorada para a festividade.

— A razão é a situação geral na Palestina; as pessoas não gostam de nenhuma celebração, ficam tristes, irritadas e chateadas; nosso povo em Gaza está sendo massacrado e morto a sangue frio — afirmou um porta-voz do município de Belém. Portanto, não é de todo apropriado realizar tais festividades enquanto há um massacre em Gaza e ataques na Cisjordânia — finalizou.

Uma missa e sessões de orações ainda estão previstas para acontecer, mas nenhuma luz ou decoração será acesa em qualquer lugar da área.

Fonte: O Globo

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.