Marcos do Manhoso desafia Mara Costa a provar de que ele “comprou” cassação de Batata na CEI da Cosip

Em entrevista ao Panorama 95 (Rural FM) desta quinta-feira (14), o vice-prefeito de Caicó, Marcos do Manhoso desafiou a vereadora Mara Costa a provar que ele interferiu nos trabalhos da Comissão de Investigação, que apura supostas irregularidades praticadas pelo prefeito Batata nos recursos da COSIP. Mara disse na tribuna da Câmara, durante sessão desta quarta que o vice-prefeito teria dado dinheiro a alguns vereadores, com o objetivo de cassar o prefeito “a qualquer custo”, através da CEI.

“Estamos vivendo um momento de muita pirotécnica, que existe hoje em alguns vereadores na Câmara, que não se decidem e ficam guardados no armário. Mara Costa tem que fazer uma auto reflexão por ela mesmo. Quem iniciou uma via-crúcis para cassar Batata foi a própria Mara. Quando ela vai na Tribuna e diz que vários vereadores estão recebendo dinheiro do vice, eu desafio ela que venha pra fora, e mostre no âmbito judicial as provas. Ela fez uma denúncia grave e se colocou no bolo, porque quem exigiu a abertura da CEI foi ela, para apurar as irregularidades do prefeito”, disse Marcos.

O vice-prefeito apresentou na entrevista a portaria da nomeação de uma pessoa, que seria prima de Mara Costa, para um cargo de confiança na Gestão Batata, como indícios de que a mesma estaria integrando a base aliada do prefeito, que há poucos meses era alvo de críticas e de acusações da vereadora. “Ela diz que não tem cargos, mas no dia 04 de Junho, uma prima dela foi nomeada. Eu não estou afirmando que foi ela quem indicou, mas é muita coincidência”, destacou.

Confira a entrevista ao Panorama 95: