Márcia Maia não deverá mais assumir a Sethas, que ficará com professora da UFRN

Cotada desde o início para assumir a Secretaria de Estado do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas), a deputada Márcia Maia (PSDB) não deve ser anunciada para a pasta, como torcia o suplente de senador Jean-Paul Prates (PT), que assume a vaga no Senado até o dia 3o deste mês. Márcia Maia será aproveitada no secretariado da governadora eleita Fátima Bezerra (PT), mas em outra pasta.

Para a Sethas, a professora-doutora da UFRN, Iris Oliveira é nome apontado como indicação pessoal da própria Fátima Bezerra. Lotada no Departamento de Serviço Social da Universidade, Iris se integrou no mês passado a equipe de transição do Governo. Especula-se ainda na Escola de Governo, local onde trabalha a transição, que a Secretaria de Estado do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas) deverá passar por reformulações.

Deputada Márcia Maia se integrou a campanha de Fátima no 2º Turno e fez trabalho em Natal