Manifestantes protestam contra Bolsonaro na Avenida Paulista

Manifestações organizadas pelo Movimento Brasil Livre (MBL) e pelo Movimento Vem Pra Rua contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ocorrem em diferentes capitais do país, neste domingo (12/9). Na Avenida Paulista, em São Paulo, o protesto movimenta a cidade desde às 14h. Por lá — local foco do grupo — participam Kim Kataguiri (DEM-SP), a senadora Simone Tebet (MDB-MS), Ciro Gomes (PDT) e Luiz Henrique Mandeta.

Vestidos com roupas brancas, os manifestantes pedem o impeachment do presidente e defendem uma “terceira via” para a política brasileira. O público, até o momento, é menor do que o observado no feriado de 7 de setembro.

Além dos políticos e personalidades presentes na manifestação, cinco centrais sindicais participam do ato, que tem apoio da União Nacional dos Estudantes (UNE). Apesar de mirarem em um ato unificado, em defesa do impeachment do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), o Movimento Brasil Livre (MBL) e o Vem Pra Rua mantêm a pauta “Nem Lula nem Bolsonaro” em suas agendas.

Após relutância de segmentos da esquerda em aderir às manifestações, os movimentos retiraram o slogan das convocações oficiais, em uma tentativa de poupar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e angariar mais apoio, mas seguem defendendo uma alternativa a Lula e Bolsonaro, por considerá-los “opostos complementares”. Na Paulista, por exemplo, encheram um pixuleco de Bolsonaro abraçado a Lula.

Do Metrópoles