Lula quer baratear produtos da “linha branca” no RS

Lula e Alckmin
Lula (dir.) disse ter pedido para Alckmin (esq.) conversar com empresários para que os eletrodomésticos para o RS sejam barateados

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) anunciou nesta 4ª feira (29.mai.2024) ter pedido ao vice-presidente e ministro da Indústria, Geraldo Alckmin (PSB), para que conversasse com empresas que fabricam eletrodomésticos da chamada “linha branca” para baratear os itens, ajudando na reconstrução do Rio Grande do Sul.

As pessoas precisam de um mínimo necessário para comprar uma roupa, para comprar um chinelo, para comprar um fogão, para comprar uma geladeira, e nós sabemos da dificuldade. Eu já pedi para o Alckmin para conversar com os companheiros que fabricam a linha branca, para que, nesse momento no Rio Grande do Sul, as pessoas considerem que a gente terá que oferecer produtos da mesma qualidade, mas mais barato para que o setor também possa dar contribuição”, declarou Lula durante anúncio de pacote de medidas para ajudar as empresas do Estado.

Lula tem falado desde 2023 sobre a possibilidade de baratear os produtos da chamada linha branca, como geladeiras, fogões e outros eletrodomésticos. No ano passado, o chefe do Executivo conversou com Alckmin e com o ministro da Fazenda Fernando Haddad, mas nenhum programa foi lançado.

Segundo a secretária-executiva da Casa Civil, Miriam Belchior, Alckmin já se encontrou com os empresários, porque havia a possibilidade de o governo adquirir equipamentos para distribuir no Estado, mas a logística era “gigantesca”.

Em vez dos eletrodomésticos, o governo considerou mais adequado distribuir o Auxílio Reconstrução, no valor de R$ 5.100, às famílias afetadas pelas chuvas. De acordo com Belchior, agora é estudada a oferta desses produtos no comércio do Rio Grande do Sul com 15% de desconto.

O presidente Lula assinou uma MP (Medida Provisória) nesta 4ª feira (29.mai) com um novo pacote de medidas de R$ 15 bilhões para a reconstrução do Rio Grande do Sul depois das fortes chuvas que atingiram o Estado gaúcho durante o mês de maio.

Dentre as ações, estão novas linhas de financiamento para pequenas, médias e grandes empresas, ampliação do acesso ao crédito rural, e financiamento de reparos emergenciais para equipamentos de Centros de Pesquisas do Rio Grande do Sul.

Leia mais:

Fonte: Poder360

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.