Lucro líquido da JBS cai 85,7% no 3º trimestre

Fábrica da JBS
Uma das maiores empresas de alimentos do mundo, a JBS completou 70 anos em 2023

A JBS divulgou lucro de R$ 572,7 milhões no 3º trimestre de 2023 –queda de 85,7% em relação aos R$ 4 bilhões do mesmo período de 2022. A receita líquida foi de R$ 91,4 bilhões, recuo de 7,6% em relação aos R$ 98,9 bilhões do 3º trimestre do ano passado. As informações foram publicadas nesta 2ª feira (13.nov.2023) no balanço trimestral da empresa de alimentos. Eis a íntegra (PDF – 2 MB).

O Ebitda (acrônimo em inglês para “earnings before interest, taxes, depeciation and amortization”, e, em português, “lucros antes de juros, impostos, depreciação e amortização”) foi de R$ 5,4 bilhões de julho a setembro (queda de 43,3% em relação ao mesmo período de 2022).

[shorcode-newsletter]

No 3º trimestre, a empresa também teve alta na dívida líquida em dólar: saiu de US$ 14,5 bilhões (R$ 71,1 bilhões) no 3º trimestre do ano passado para US$ 16 bilhões (R$ 78,5 bilhões). Na comparação com o trimestre anterior, a dívida caiu 3,6%.

“Os resultados no 3º trimestre de 2023 demonstram que estamos percorrendo um caminho consistente de recuperação dos resultados, como havíamos sinalizado nos trimestres anteriores”, disse o CEO da JBS, Gilberto Tomazoni, no comunicado que acompanhou o balanço.

Tomazoni afirmou, também, que a empresa tem “resiliência diante de cenários desafiadores”.

“Seguimos trabalhando em nosso objetivo de destravar valor para a JBS com a Dupla Listagem de nossas ações no Brasil e nos Estados Unidos. Acreditamos que essa é mais uma forma para gerarmos ainda mais valor para todos os nossos acionistas, para a sociedade e aos nossos colaboradores”.

Fonte: Poder360

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.