Luciano Hang pede desculpas e admite que Havan tem pendências

A loja Havan decidiu neste sábado (24), adiar a inauguração prevista para ter ocorrido hoje, às 10h, em Natal.

Após reunião com representante do Corpo de Bombeiros, o empresário Luciano Hang, proprietário da Havan, reconheceu que a empresa não atendeu todas as exigências da Corporação Militar; e que por isso, os laudos necessários não foram emitidos pela instituição.

O empresário pediu ainda desculpas ao Corpo de Bombeiros pelas declarações que deu no momento da tentativa de inauguração da loja, e disse que os técnicos da empresa irão trabalhar para cumprir todas as exigências já solicitadas e ainda pendentes.

A declaração ocorreu em entrevista coletiva na sede do Corpo de Bombeiros, em Natal, no início da tarde deste sábado.

Na mesma oportunidade, o Comandante da Corporação Coronel Luiz Monteiro afirmou que a Havan realmente não atendeu uma série de exigências legais; especialmente, nos quesitos relacionados ao sistema de combate a incêndio e pânico.

O representante do Corpo de Bombeiros disse ainda que a loja poderá abrir assim que as pendências forem solucionadas; e no caso do item de proteção contra incêndio, a loja pode até abrir com a falta total da exigência desde que ofereça em contra-partida a contratação de uma brigada de incêndio para atuação em possível caso de sinistro.

O comandante repudiou ainda as declarações do empresário Luciano Hang, no início da manhã, ainda na tentativa de inauguração da loja, e disse que a Corporação não tem cor partidária, que é uma instituição e não sucumbe a intervenções políticas.

Do Portal da 98 FM