Lei prevê multa ao candidato e retirada da propaganda antecipada

A atual legislação prevê a retirada da propaganda irregular, e multa ao candidato. Assessores de PT, PSB e PSDB negaram que os postulantes à Presidência tenham relação com a proliferação da campanha na internet. “O PT tem muito cuidado para evitar propaganda antecipada”, diz o secretário nacional de Comunicação do partido, José Américo, apesar de afirmar que o partido dedicará especial atenção à campanha na rede.

“Tem gente que fala que de 10% a 20% dos eleitores vão se decidir com base na disputa na internet, nas redes sociais”, disse. A assessoria de comunicação do PSB afirmou que procura convencer os administradores dos sites não oficiais a retirar as páginas do ar. Até o momento, dizem ter conseguido entrar em contato com um, mas ele teria recusado o pedido. A assessoria do PSDB também negou relação com as páginas extraoficiais.

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.