Israel também comete terrorismo ao matar crianças, diz Lula

Presidente Lula
Presidente disse que irá continuar "cobrando dos presidentes um comportamento humanista, de afeto com crianças e mulheres"Ao lado de ministros, Lula cumprimenta repatriadosVoo aterrissou na Base Aérea de Brasília por volta de 23h24min de 2ª feira (13.nov.2023)Filhos e mulher de Mohammed foram recebidos por LulaCom faixa da Palestina e bandeira do Brasil, repatriados deixam avião da FABPresidente da República abraçou repatriados que chegaram na Base Aérea de BrasíliaShahed Al-Banna desembarca juntamente com demais repatriadosShahed Al-Banna e a irmã são recebidas por Lula na Base Aérea de BrasíliaAo lado de Janja e de repatriadas, Lula posa com bandeira do BrasilPresidente Luiz Inácio Lula da Silva recebe Hasan Rabee na Base Aérea de BrasíliaShahed Al-Banna agradeceu ao governo brasileiro por ter sido repatriada da Faixa de Gaza

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva (PT), afirmou que Israel “também está cometendo terrorismo” ao matar inocentes na guerra contra o Hamas. A declaração foi dada a jornalistas na noite de 2ª feira (13.nov.2023), depois de receber as 32 pessoas (22 brasileiros e 10 palestinos) repatriadas da Faixa de Gaza.

“Aos 78 anos, eu já vi muita brutalidade. Já vi muita violência e irracionalidade. Mas eu nunca vi uma violência tão bruta e desumana contra inocentes. Porque, se o Hamas cometeu um ato de terrorismo e fez o que fez, o Estado de Israel também está cometendo terrorismo”, declarou.

Assista (16min58s):

Lula disse que o ato de “terrorismo” se dá por Israel não considerar que “as crianças não estão em guerra. Ao não levar em conta que as mulheres não estão em guerra. Ao não levar em conta que eles não estão matando soldados, mas matando crianças”.

O chefe do Executivo disse que, além das mortes de inocentes, Israel está “destruindo tudo o que as pessoas levam décadas para construir”.

Veja imagens do desembarque:

Ao lado de Hasan Rabee e Shahed Al-Banna, 2 dos repatriados a desembarcar no Brasil nesta 2ª (13.nov), o presidente afirmou que continuará o esforço para aprovar uma 2ª lista de brasileiros e seus familiares que ainda estão na Faixa de Gaza.

“Pedi para trazerem parentes até que não fossem brasileiros e vamos tratar de legalizar essas pessoas aqui no Brasil. Enquanto tiver a possibilidade de tirar uma pessoa da Gaza, vamos tirar. Mesmo que seja palestino de origem”, declarou.

Lula ainda disse que solicitou ao ministro das Relações Exteriores, Mauro Vieira, para que fosse feito um telefonema ao presidente da China, Xi Jinping. O pedido se deu pelo fato do país asiático presidir o Conselho de Segurança da ONU neste mês de novembro.

O petista disse que irá continuar “cobrando dos presidentes um comportamento humanista, de afeto com crianças e mulheres”.

Além de Lula, estiveram presentes para receber os repatriados a primeira-dama, Rosângela Lula da Silva, a Janja, e outros 6 ministros de Estado, dentre eles Mauro Vieira (Relações Exteriores), Paulo Pimenta (Secom) e Flávio Dino (Justiça). Os comandantes das Forças Armadas também estavam presentes. Leia mais abaixo a lista completa.

A retirada do grupo de Gaza foi realizada depois de uma série de tentativas frustradas. Na 6ª (10.nov), a passagem pela fronteira foi autorizada, mas eles não puderam cruzar em Rafah, no Egito, porque o posto permaneceu fechado.

A princípio, 34 pessoas haviam pedido ajuda do governo brasileiro para sair da região. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, porém, duas pessoas desistiram da repatriação e decidiram permanecer na região em guerra.

No Brasil, os repatriados ficarão em um alojamento da FAB (Força Aérea Brasileira), em Brasília, por duas noites. Como nem todos têm casa no país e alguns são palestinos, o governo deve oferecer apoio e documentação.

Assista ao desembarque (4min4s):

Leia abaixo a lista de autoridades presentes: 

Desde o início do conflito entre Israel e Hamas, em 7 de outubro de 2023, o Brasil realizou outros 9 voos de repatriação de brasileiros que estavam em Israel. Ao todo, foram 1.432 brasileiros e 53 pets trazidos ao Brasil.

Com exceção desta última, nenhuma das chegadas contou com a presença de Lula. O avião que pousou nesta 2ª foi o 1º voo de repatriação desde que o petista voltou totalmente a ativa.

O presidente fez duas cirurgias em 29 de setembro e por isso permaneceu em isolamento no Palácio do Alvorada, sua casa oficial, até 23 de outubro, data em que voltou a despachar normalmente no Palácio do Planalto. O 8º voo de repatriação pousou no Rio de Janeiro no mesmo dia, em 23 de outubro, às 4h da manhã.

Eis a lista com os voos da FAB trazendo brasileiros de Israel:

Fonte: Poder360

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.