Instituto Seridó Vivo questionará em audiência nesta quinta-feira (12) a forma como foi feito o estudo de impacto para instalação de Complexo Eólico no Seridó

Entidades como o Instituto Seridó Vivo devem questionar, durante audiência pública desta quinta-feira (12), a forma como o estudo de impacto ambiental para a instalação de parques eólicos nas Serras de São Bernardo e da Formiga foi feito.

Pelo que o Blog do Marcos Dantas conseguiu apurar a entidade defende que o estudo foi feito sem avaliar a devastação nas duas serras, e que traz sérios problemas no licenciamento (tanto socioambiental como arqueológico), e que, se implementadas as 130 torres previstas, irá mudar substancialmente um dos lugares mais marcantes do Seridó, a Serra da Formiga.

Para entender

Seridó: Estudo de Impacto Ambiental do Complexo Eólico Ventos de Santo Eduardo será apresentado no dia 12 de maio em Caicó