“Inadmissível”, diz Lula sobre ataque a premiê da Eslováquia

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) convocou uma reunião ministerial para discutir medidas emergenciais e de ajuda na reconstrução do Rio Grande do Sul.
O presidente Lula (foto) se solidarizou com o premiê, sua família e com os eslovacos

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) repudiou nesta 5ª feira (16.mai.2024) o ataque ao primeiro-ministro da Eslováquia, Robert Fico. O incidente se deu depois de uma reunião de governo na cidade de Handlová, a cerca de 190 km da capital Bratislava. O petista classificou a ação como inadmissível”

“Situações como essas, de intolerância e violência, merecem nosso repúdio e nos afetam a todos, pois atentam contra nossos valores de defesa da democracia e da paz. O ódio não pode prevalecer. Minha solidariedade a Robert Fico e família e ao povo eslovaco. Desejo sua pronta recuperação”, declarou em seu perfil no X (ex-Twitter).

Fico foi atacado na 4ª feira(15.mai). A emissora de TV eslovaca TA3 noticiou que 4 tiros foram disparados. Um suspeito foi preso pelas autoridades. O episódio se dá cerca de 3 semanas antes das eleições para o Parlamento Europeu, que serão realizadas de 6 a 9 de junho.

Fonte: Poder360

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.