Governo Investe na Realização da 61ª Festa do Boi, que deve gerar 65 milhões em negócios

Considerado o maior evento Agropecuário do Nordeste, a Festa do Boi teve seu lançamento na manhã desta segunda-feira (18) no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim. A Festa é promovida pela Associação Norte Rio-Grandense de Criadores (Anorc) em parceria com o Governo do Estado, Sebrae, Assembleia Legislativa e Prefeitura de Parnamirim. Este ano o governo está investindo R$ 650 mil.

Prevista para acontecer de 07 a 14 de outubro, a Festa do Boi tem expectativa de reunir 500 mil pessoas, gerando R$ 65 milhões em negócios. Apenas durante a Festa são movimentados cerca de 3,5 mil empregos temporários, entre diretos e indiretos.

“É uma felicidade celebrar os 61 anos deste evento que faz parte do desenvolvimento do setor agropecuário no nosso Estado de maneira intensa e contínua. É um espaço fundamental para a geração de emprego, renda e trocas essenciais para o setor. A nossa economia está crescendo a cada dia. Temos o Programa de Aceleração do Crescimento do governo federal e vamos renovar o convite para todo o setor produtivo do Estado. São prioridades sagradas do meu governo”, ressaltou a governadora Fátima Bezerra.

Na ocasião, a governadora Fátima Bezerra anunciou a entrega de tratores e implementos agrícolas na ordem de R$ 15 milhões oriundos das emendas parlamentares da deputada Natália Bonavides e Benes Leocádio. Além disso, o Banco do Nordeste vai disponibilizar R$ 25 milhões de reais de crédito rural para ser financiado durante a Festa do Boi. Serão tratores, máquinas, equipamentos, animais, entre outros para movimentar a economia. A meta este ano é chegar a uma movimentação financeira de R$ 70 milhões de reais, dos quais R$ 25 serão financiados pelo Banco do Nordeste. Esses valores serão para alavancar o desenvolvimento da agricultura e de sua atividade produtiva. “É um evento positivo para fomentar o setor agropecuário e do agronegócio, que se torna cada vez mais plural e se diversifica a cada ano. É nosso papel e nosso dever fazer uma gestão com trabalho que incentive os produtores”, complementou a governadora.

O evento ocupará uma área de 270 mil metros quadrados, incluindo espaços para exposições, leilões e julgamentos de animais, torneios leiteiros, provas de destreza, fazendinha, shows musicais, quiosques de comidas, barracas de souvenirs, parque de diversões, capacitações e oficinas técnicas e muito mais.

O presidente da Anorc, Matheus França ressaltou a importância da presença do governo e da evolução da Festa nessas últimas décadas. “A Festa não é só a maior do Nordeste, mas está hoje entre as cinco maiores do Brasil. Temos um recorde de expositores. Uma feira que se consolida cada vez mais. Embora nosso estado seja pequeno, temos uma qualidade gigante. Hoje o RN tem um dos maiores rebanhos qualificados com destaque nacional. É a consolidação do sucesso da agropecuária do nosso estado, no setor que cresce a cada dia com estrutura e organização”.

Estiveram também presentes no lançamento, Guilherme Saldanha secretário de Agricultura e Pesca, Alexandre Lima, secretário do Desenvolvimento Rural e da Agricultura Familiar (Sedraf), Mario Manso diretor-geral Idiarn, Rodrigo Maranhão diretor-presidente da Emparn, Jaime Calado secretário do Desenvolvimento Econômico, da Ciência, da Tecnologia e da Inovação e Coronel Araújo representando a secretaria de Segurança Pública do RN.

Ações do Governo do RN na Festa do Boi

Com o slogan intitulado “RN QUE DÁ CERTO”, o governo terá ações específicas durante os dias de evento. Uma das novidades é o local chamado “Gabinete” onde fica sediada a Secretaria Estadual da Agricultura será a “Central do Produtor”. No espaço, secretarias e órgãos ligados ao agro estarão esclarecendo dúvidas dos produtores.

No local ao lado (anexo ao Gabinete), também será montada uma área gourmet com produtos produzidos por produtores potiguares – como mel, queijo, cachaça, entre outros.

Através da EMPARN haverá espaço de fazendinha com plantações diversas como milho, feijão e banana, distribuição de amostras de sementes e comercialização de sementes e mudas, além de vasta programação científica voltada para o agricultor familiar.

Pela EMATER haverá o Sítio Agroecológico com demonstração de plantio de algodão, além de milho e feijão, além da tradicional horta ecológica. Na Festa estará disponível uma unidade demonstrativa de apicultura, exposição de máquinas e a entrega de certificados para agricultores e extensionistas.

Serão promovidas, também, caravanas de agricultores familiares de várias regiões do estado durante todos os dias da semana, com produção de rodas de conversa e o início das atividades do projeto “Mulheres de Fibra” voltado para estimulação da produção entre mulheres da agricultura familiar.

SEDRAF

A Secretaria de Estado do Desenvolvimento Rural e Agricultura Familiar (Sedraf) realizará uma mostra de suas ações. Desde 2019, juntamente com a Emater-RN, promove o espaço chamado Fazendinha, gerenciado pela Emparn, com atividades formativas, exposições dos programas, e especialmente, a Feira Agroecológica da Agricultura Familiar, que representa a diversidade da agricultura familiar do Rio Grande do Norte. Haverá também exposição das Sementes Crioulas, do projeto Algodão Agroecológico Potiguar, que em seu segundo já se revela o maior projeto em bases sustentáveis do país.

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.