Governo ameaça tirar cargos de deputados infiéis

O ministro da Secretaria-Geral de Governo, Luiz Eduardo Ramos , afirmou em reuniões com parlamentares nesta semana que quer “desmontar o centrão” da Câmara dos Deputados, revendo indicações de parlamentares para cargos. A informação foi publicada hoje pelo jornal O Globo.

Ele contou a interlocutores ouvidos pelo Globo que está analisando toda votação na Câmara para saber se os deputados que ganharam cargos votaram com o governo, e chegou a citar nominalmente os “infiéis” que estavam a ponto de perder postos nos estados. Houve “infidelidade” em partidos que geralmente votam com o governo nas votações da reforma da Previdência, na proposta derrotada de manter o Coaf (Conselho de Controle de Atividades Financeiras) no Ministério da Justiça, na derrubada pelo Congresso de vetos presidenciais, entre outros.

Ministro da Secretaria-Geral de Governo, Luiz Eduardo Ramos, diz a parlamentares que quer ‘desmontar o centrão’