Governadores criticam Bolsonaro, falam em demissão de Mandetta e impeachment

Governadores criticaram o pronunciamento de Jair Bolsonaro em rede nacional, na noite desta terça (24), e dizem que o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, perdeu legitimidade no governo. Bolsonaro voltou a se referir ao coronavírus como “gripezinha”, disse que o isolamento é exagero, criticou os gestores que optaram por fechar escolas e culpou a imprensa pelo que chama de histeria.

O governador do Espírito Santo, Renato Casagrande (PSB), afirmou que a fala indica que “estamos sem direção”. “Desconectado da realidade, desconectado da ação do Ministério da Saúde, atrapalha o trabalho dos governadores e menospreza os efeitos da pandemia”, afirmou. “Os governadores precisam se reunir, estamos sem coordenação. O ministro e os governadores de um lado e o presidente menosprezando a pandemia de outro”, disse a Folha de S. Paulo.

Para governadores, presidente Jair Bolsonaro está fora da realidade sobre coronavírus