Francisco do PT entra na luta por garantia de direitos, para moradores de Macau

O deputado Francisco do PT participou nesta terça-feira (11), em Macau, de uma audiência pública, realizada pelo vereador Cláudio Gia (PT), para tratar de demandas da população do município, referentes à abastecimento e moradia.

A primeira cobrança dos moradores é a construção de uma adutora, para levar água da comunidade Santa Maria, em Afonso Bezerra, até a cidade de Pendências, onde já existe uma adutora que abastece Macau. Com a nova obra, o povo de Macau passaria a ter acesso a uma água de melhor qualidade e sem os problemas que enfrenta atualmente.

A adutora é um projeto antigo do governo federal, orçado em 68 milhões de reais e, segundo o vereador Cláudio Gia, resolveria os vários problemas enfrentados pela população de Macau, com relação ao abastecimento. Hoje a população depende exclusivamente da água da barragem Armando Ribeiro, captada diretamente no rio.

O outro assunto tratado na audiência foi a respeito da desapropriação e regularização de moradias da Vila Alcanorte, que foi construída na década de 70, pelo governo militar, para os trabalhadores da empresa. A indústria seria para a fabricação de barrilhas, mas nunca chegou a funcionar.

No governo Collor, a Alcanorte foi privatizada e os compradores passaram a cobrar aluguel dos moradores, que nunca nem chegaram a trabalhar no empreendimento. Hoje, a vila que tem cerca de 200 famílias, enfrenta vários problemas de infraestrutura.

O deputado Francisco, que também é presidente da Frente Parlamentar das Águas, se comprometeu a se somar na luta dos dois pleitos, apresentados durante a audiência. “Já a partir desta quarta-feira, estarei não apenas apresentando requerimentos, que é o nosso papel, mas cobrando e articulando, para que possamos marcar, o mais rápido possível, uma audiência com a governadora e tratarmos sobre esses assuntos”, declarou o deputado Francisco do PT.