Fábio Faria deve contratar consultoria para enxugar Empresa Brasil de Comunicação

O novo ministro das Comunicações, Fábio Faria, deve contratar uma consultoria de gestão que formule um plano de redução dos custos tanto com o quadro de pessoal como com o aluguel de imóveis da EBC (Empresa Brasil de Comunicação). Em conversas reservadas, que foram relatadas à Folha de S. Paulo por auxiliares presidenciais, o ministro avalia que dificilmente a empresa terá condições de ser privatizada no curto prazo.

A opinião dele é compartilhada pela cúpula militar, para a qual a estatal é fundamental na estratégia de comunicação do governo. A EBC tem hoje mais de 1.800 funcionários e, no ano passado, teve uma despesa total de R$ 549 milhões, o que representou um déficit de R$ 87 milhões em relação às suas receitas próprias. Só com a folha de pagamento e encargos trabalhistas, o gasto foi de R$ 326 milhões.A ideia discutida no governo é tentar diminuir a folha de pagamento, por meio de novos PDVs (Planos de Demissão Voluntária) e reduções de cargos comissionados, e vender parte da estrutura física.

Ministro Fábio Faria estuda ainda viabilizar serviço internacional para melhorar imagem do Brasil no exterior