Ex-embaixador dos EUA na Bolívia é acusado de espionar para Cuba

Ex-embaixador dos EUA foi detido sob acusação de espionar para Cuba
Ex-embaixador dos EUA foi detido sob acusação de espionar para Cuba — Foto: Reprodução

Promotores americanos acusaram, nesta segunda-feira (4), em Miami, Víctor Manuel Rocha, ex-embaixador dos Estados Unidos na Bolívia, de trabalhar secretamente como agente encoberto do governo cubano durante quatro décadas, segundo um comunicado do Departamento de Justiça.

“Esta ação expõe uma das infiltrações de maior alcance e duração no governo dos Estados Unidos por parte de um agente estrangeiro”, disse o procurador-geral, Merrick B. Garland, no documento em que detalhou a acusação contra Rocha, de 73 anos.

O ex-embaixador deverá se apresentar a um tribunal federal nesta segunda-feira, após ter sido detido em Miami, na última sexta-feira. Manuel Rocha é acusado de trabalhar para promover interesses cubanos nos EUA. A prática em si não é crime desde que registrada no Departamento de Justiça como lobby estrangeiro.

Manuel Rocha começou a operar a favor do governo cubano a partir de novembro de 1981, segundo as autoridades americanas. O ex-embaixador é alvo de três acusações: conspiração para atuar como agente estrangeiro, atuar como agente ilegal de um governo estrangeiro e usar passaporte obtido mediante declaração falsa.

Fonte: O Globo

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.