Estoques zeram em dois hospitais e Saúde do RN tem doses suficientes para apenas dois pacientes picados por cobra jararaca

A Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), emitiu um alerta do Programa de Vigilância de Acidentes por Animais Peçonhentos da Subcoordenadoria de Vigilância Ambiental (Suvam) sobre a necessidade de reforçar as medidas de prevenção contra acidentes envolvendo serpentes no estado. Isso por que os estoques estão críticos. De acordo com a pasta, só a soro antiofídico suficiente para dois pacientes picados por jararaca em estoque, neste sábado (11). A notícia é do G1RN.

E acidentes com jararacas são comuns no estado. Em janeiro deste ano, uma mulher de 49 anos picada por um animal acabou morrendo, mesmo após tomar o soro. O caso aconteceu no município de Dix-Sept Rosado, na região Oeste. Por causa do baixo estoque, os soros só são distribuídos entre quatro hospitais de referência em Natal, Mossoró, Caicó e Pau dos Ferros. De acordo com a pasta, porém, os estoques estão vazios em Mossoró e Pau dos Ferros, ambas as cidades no Oeste. De acordo com a secretaria, o problema é decorrente da crise de abastecimento de soros antivenenos – utilizados para tratar picadas de serpentes e outros animais peçonhentos – que afeta todo o país. Os soros antivenenos são fornecidos unicamente pelo Ministério da Saúde, que desde 2013 vem enviando um número de soros menor do que o solicitado pelos estados.

Secretaria Estadual de Saúde emitiu alerta sobre necessidade de prevenção a picadas de cobras