Encontro do Canal Futura reúne 60 reitores e representantes de universidades no Rio

Ricardo Vilella é diretor de jornalismo da TV Globo
Ricardo Vilella é diretor de jornalismo da TV Globo — Foto: Fabia Rocha

O auditório da Editora Globo recebeu ontem o IX Fórum de Reitores e Dirigentes de Universidades Parceiras do Canal Futura. Estiveram presentes mais de 60 representantes de instituições públicas, privadas e comunitárias de todo o país. O grupo, que estará no Festival LED, conheceu projetos da Fundação Roberto Marinho e da TV Globo, e ainda discutiu um plano de trabalho para a produção dos conteúdos das TVs universitárias veiculados pelo Canal Futura.

— O encontro é para a gente estar alinhado com os reitores para os próximos dois anos. Nós estamos dizendo para onde a gente está indo e ouvindo deles o que é mais relevante para as universidades — afirmou João Alegria, secretário-geral da Fundação Roberto Marinho.

Promovido pelo Canal Futura, o evento acontece a cada dois anos e teve a presença da presidente da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), Márcia Abrahão, reitora da Universidade de Brasília (UnB), e representantes de instituições de estados como Paraíba, Rio Grande do Norte e Minas Gerais.

No encontro, a superintendente de Conhecimento da Fundação Roberto Marinho (FRM), Rosalina Soares, apresentou ao grupo de reitores uma nova parceria que a fundação firmou com a Qedu para criar uma plataforma com dados de jovens de 15 a 29 anos. A ferramenta organiza os dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad) e apresenta informações como a situação de pobreza dessa população, a distribuição percentual por situação de escolarização, os motivos pelos quais os jovens saem da escola e quantos vão para o mercado de trabalho.

— A gente tem visto uma queda muito grande no investimento da educação de jovens e adultos e tem 60 milhões de brasileiros que não concluíram a educação básica. Desses, nove milhões são jovens. É muita gente — afirma Rosalina.

O diretor geral de Jornalismo da TV Globo, Ricardo Villela, também apresentou uma novidade: a Academia de Jornalismo, um projeto implementado neste ano que criou formações internas dos principais nomes da emissora para trocas de conhecimento. A partir desta sexta-feira, o material vai estar disponível para o público através da Globoplay.

— Vamos começar a tornar público os materiais que criamos durante a Academia de Jornalismo, alguns encontros que tivemos na TV Globo com os grandes nomes da casa. Esse é uma forma de mostrar para a sociedade como o jornalismo funciona. Eles serão publicados a partir dessa sexta-feira no Globoplay — afirmou Ricardo Villela, diretor-geral de Jornalismo da Globo.

Fonte: O Globo

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.