Eduardo Leite pede desculpas após comentário sobre doações ao RS: ‘Não tive a intenção de inibir ou desprezar’

Eduardo Leite posta pedido de desculpas após fala sobre 'grande volume de doações' e fala em 'mal entendido'
Eduardo Leite posta pedido de desculpas após fala sobre 'grande volume de doações' e fala em 'mal entendido' — Foto: Reprodução/Instagram

O governador do Rio Grande do Sul Eduardo Leite (PSDB) publicou um vídeo nesta quarta-feira pedindo desculpas após uma onda de críticas por uma declaração dada ontem. Na ocasião, ele disse que o “reerguimento do comércio” no estado poderia ser dificultado pelas doações feitas pelos brasileiros para ajudar a população gaúcha. Hoje, o gaúcho postou em seus perfis nas redes sociais desculpas pelo que chamou de “mal entendido”.

“Antes de mais nada, meu agradecimento a todos pela gigantesca mobilização e solidariedade a favor do povo gaúcho. Em nenhum momento eu tive a menor intenção de inibir ou desprezar as inúmeras doações que o Brasil e o mundo estão fazendo para ajudar nosso Rio Grande do Sul numa grande reconstrução. Entre tantas preocupações que a tragédia nos traz, traz também a situação dos nossos pequenos comerciantes”. Ele alegou que misturou a “questão das doações” com o momento vivido pelo estado.

“As últimas semanas têm sido brutais para todos nós, e ninguém está livre de errar. Portanto, meu mais sincero pedido de desculpas pela confusão que possa ter causado no entendimento de algumas pessoas”, disse o governador no vídeo.

Ontem, em entrevista à Rádio Band News FM, Leite afirmou que “o reerguimento do comércio fica dificultado na medida em que você tem uma série de itens que estão vindo de outros lugares do país”.

“Pedi à nossa equipe aqui que ajude a estruturar ferramentas e canais para que aquelas pessoas que queiram fazer doações possam fazer essas doações também ajudando o comércio local, que está impactado. Na verdade, quando você tem um volume tão grande de doações físicas chegando ao estado, há um receio sobre o impacto que isso terá no comércio local.

Na mesma entrevista, Leite ainda afirmou que não está “desprezando” as doações. “Pelo contrário, são muito bem recebidas, mas inclusive isso também gera uma preocupação aqui para nós sobre os impactos no comércio local aqui no Rio Grande do Sul”, complementou.

No X, antigo Twitter, Eduardo Leite foi citado em mais de 60 mil posts, e é um dos assuntos mais comentados em Política na rede social na manhã desta quarta-feira.

Fonte: O Globo

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.