É preciso recompor número de funcionários em ministérios, diz Lula

presidente lula em cerimonia de apresentacao do pacote da igualdade racial no dia da consciencia negra

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) criticou nesta 2ª feira (20.nov.2023) o baixo número de funcionários nos ministérios. Disse ser preciso realizar uma recomposição para que a sociedade “ajude a fiscalizar” o que é feito pelo governo. A fala se deu durante discurso na cerimônia de apresentação do 2º Pacote da Igualdade Racial.

“Ainda muitos dos meus ministérios não têm a quantidade de funcionários, hoje, que tinha no tempo que eu fui presidente, de 2003 a 2010. É preciso recompor para que a sociedade brasileira tenha competência para ajudar a fiscalizar aquilo que fazemos”, disse.

Assista (40s):

Em seu discurso, citou a reconstrução de políticas públicas que tem feito em seu 1º ano de mandato e do papel da sociedade na fiscalização dessas políticas.

Durante o evento sobre o Dia da Consciência Negra, o governo anunciou uma política nacional para os quilombolas, com previsão orçamentária de mais de R$ 20 milhões. A medida “se propõe a promover práticas de gestão territorial e ambiental desenvolvidas pelas comunidades quilombolas”, de acordo com o Planalto.

Além disso, o Executivo também anunciou medidas para a Cultura, titulação de terras e políticas afirmativas. Eis um resumo do que mais foi anunciado:

Fonte: Poder360