Doria elogia Haddad, mas diz que ele não tem apoio de Lula

Doria
O ex-governador de São Paulo João Doria disse que polarização mantém o país em clima eleitoral constante

O ex-governador de São Paulo João Doria voltou a elogiar o ministro Fernando Haddad na 3ª feira (14.mai.2024). Disse, porém, que o titular da Fazenda não tem o apoio do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Eu reconheço um esforço grande do ministro, mas ele não pode ser confrontado pelo Palácio do Planalto. Tem que ser apoiado. Está na linha certa: não gastar mais do que arrecada e tentar aumentar a base de arrecadação“, disse em evento do Lide em Nova York.

Para Doria, o Brasil vive um “clima eleitoral” permanente, seja no atual governo, seja no anterior, de Jair Bolsonaro (PL). “Estamos quase 2 anos depois das eleições e ainda vivendo um clima eleitoral. Não podemos ficar o tempo todo discutindo a extrema-esquerda com a extrema-direita. Brasil tem que ser um país só, não permanentemente dividido“, afirmou.

Doria citou o ex-presidente Michel Temer (MDB) como exemplo a ser seguido para deixar para trás a polarização. “Torço para que haja esse bom sentimento praticado seja pelo presidente Lula, seja pelo ex-presidente Bolsonaro. A polarização não atende o interesse do Brasil. Ela conflagra o Brasil“, disse.

O Grupo Lide realizou na 3ª feira (14.mai) a 14ª edição do Lide Investment Forum Nova York (EUA). O evento reúne políticos, autoridades e empresários para debater o cenário político e econômico do Brasil e o potencial de investimentos no país.

Participaram o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG); o líder do governo no Senado, Jaques Wagner (PT-BA), e 9 governadores de Estado e diversos senadores e deputados federais. O presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), tinha confirmado presença, mas adiou em função das enchentes no Rio Grande do Sul.

O encontro é realizado no Harvard Club, um dos mais tradicionais da cidade. O jornal digital Poder360 transmitiu o evento pelo canal do YouTube.

Assista:

O Lide foi fundado em 2003 pelo ex-governador de São Paulo João Doria. Hoje, é presidido pelo seu filho João Doria Neto. O chairman é Luiz Fernando Furlan. Ele foi ministro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior no 1º e no 2º governos de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Fonte: Poder360

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.