Dois trabalhadores do MST do sertão da Paraíba são assassinados

A denúncia foi realizada pelo MST neste domingo (12/11). Segundo o movimento, Ana Paula Costa Silva, de 29 anos e Aldecy Viturino Barros, de 44 anos, foram assassinados a tiros  -  (crédito: Reprodução Instagram MST Paraíba)
A denúncia foi realizada pelo MST neste domingo (12/11). Segundo o movimento, Ana Paula Costa Silva, de 29 anos e Aldecy Viturino Barros, de 44 anos, foram assassinados a tiros - (crédito: Reprodução Instagram MST Paraíba)

Dois trabalhadores do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra do sertão da Paraíba foram assassinados a tiros no último sábado (11/11). A denúncia foi realizada pelo MST neste domingo (12/11). Segundo o movimento, Ana Paula Costa Silva, 29 anos, e Aldecy Viturino Barros, 44, foram assassinados a tiros no acampamento Quilombo do Livramento, Sítio Rancho Dantas, no município de Princesa Isabel, por volta das 15h30.

Ana Paula Costa Silva era acampada, casada e tinha três filhos. Já Aldecy Viturino Barros era o coordenador do acampamento que está no local desde 2008 e abriga 22 famílias. Segundo testemunhas presentes na hora do crime, eles foram assassinados a tiros por dois homens que chegaram em uma moto dizendo que Aldecy precisava assinar um documento que estava sob posse dos assassinos.

No momento, Aldecy se encontrava consertando o telhado do barraco do pai de Ana Paula, em cima de uma escada. Na ocasião estavam também o pai de Ana Paula, seu companheiro e dois amigos da família. Ao começar a descer a escada para atender aos homens que o procuravam, Aldecy teria sido surpreendido com vários tiros, aos quais também acertaram Ana Paula. 

O caso é investigado pela Polícia Civil e, em nota, o MST cobra apuração do crime e identificação dos assassinos, para que possam responder pelo crime. “Enquanto movimento, reafirmamos nossa luta contra toda forma de violência. Aos nossos mortos, nenhum segundo de silêncio, mas uma vida toda de luta”, declarou o Movimento dos Trabalhadores e Trabalhadoras Rurais Sem Terra da Paraíba (MST).

 

Fonte: Correio Braziliense

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.