Dino diz que Ministério da Justiça vai editar normas emergenciais sobre acesso a água em shows ainda hoje

O ministro Flávio Dino, da Justiça e Segurança Pública
O ministro Flávio Dino, da Justiça e Segurança Pública — Foto: Cristiano Mariz

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flávio Dino, afirmou na manhã deste sábado que mudará as regras sobre o acesso à água nos eventos, após a repercussão sobre a morte de uma fã no show da cantora Taylor Swift, no Brasil. A jovem de 23 anos, Ana Clara Benevides, morreu depois de passar mal durante o espetáculo no estádio Nilton Santos. Ela chegou a ser socorrida, mas não resistiu.

“A Secretaria do Consumidor do Ministério da Justiça vai adotar as medidas imediatas, com a edição de normas emergenciais e notificações, ainda hoje, acerca de acesso à água em shows e outros espetáculos públicos. E também vai adotar as medidas relativas às responsabilidades pelos danos já causados, em diálogo com os demais órgãos do Sistema Nacional do Consumidor”, disse.

Dino classificou como “inaceitável” que pessoas sofram, desmaiem e até morram por falta de acesso à água. Ele pediu que a Secretaria Nacional do Consumidor investigue o caso.

“Orientei o Secretário Nacional do Consumidor do Ministério da Justiça, Wadih Damous, a adotar as providências cabíveis – ainda hoje – quanto às denúncias de vedação ou ausência de disponibilidade de água para os consumidores que foram ou irão a shows durante essa imensa onda de calor que o Brasil atravessa”, acrescentou.

Os fãs afirmaram que a organizadora da turnê no Brasil, a TF4, proibiu a entrada de garrafas de qualquer tipo no estádio. Diversos usuários criticavam, nas redes sociais, a regra imposta pela empresa, apontando que até mesmo pessoas que faziam parte da equipe da cantora distribuíram água ao público por conta do forte calor que fazia no local, mesmo na parte da noite.

Em suas redes sociais, Taylor Swift lamentou a morte de Ana, em um longo texto, no qual afirmou que sente “profundamente essa perda” e que está com o “coração partido”.

“Não acredito que estou escrevendo essas palavras, mas é com o coração partido que digo que perdemos um fã hoje à noite, antes do meu show. Eu nem posso te dizer o quão devastada estou com isso. Tenho muito pouca informação além do fato de que ela era incrivelmente linda e jovem demais. Não vou poder falar sobre isso no palco porque me sinto dominada pela tristeza […]. Essa foi a última coisa que pensei que aconteceria quando decidimos trazer essa turnê para o Brasil”, publicou a cantora em suas redes sociais.

Fonte: O Globo

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.