Diego Vale: “Caicó nunca teve um prefeito empreendedor”

A economia não está reagindo a contento; as estimativas do FMI são de crescimento inexpressivo; os prefeitos marcham para Brasília para ouvir mais uma vez do executivo federal e do Congresso a promessa de corrigir o injusto pacto federativo; agenda também de visita a gabinetes e Ministérios com pires na mão.

Contudo, Caicó não é uma das cidades mais sofridas. A condição de um dos maiores e mais tradicionais municípios do RN é vantajosa. Político gosta de destinar emenda para Caicó! Não acontece o mesmo com os menores colégios eleitorais. O que se fala em Caicó repercute no estado e a classe política não quer sair mal na fita.

Talvez por isso nossos gestores tenham se acomodado. Semana passada, aconteceu em Natal a entrega do Prêmio Prefeito Empreendedor do SEBRAE. Caicó mais uma vez ficou de fora! Do Seridó, apenas os exemplos exitosos de Currais Novos e Serra Negra do Norte. O prêmio chegou a sua décima edição e acontece desde 2000. A pior constatação: Caicó nunca foi finalista da etapa estadual! O Sebrae atesta que não tivemos prefeitos empreendedores.

Nesse momento de crise, é preciso fazer cada vez mais com menos, mostrar criatividade, capacidade de interação com a iniciativa privada, estímulo ao setor produtivo, eficiência da gestão, aumento das arrecadações próprias, controle nos gastos públicos, cooperação intermunicipal. No mínimo, é preciso copiar as experiências exitosas de outros municípios!

Quando secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo de Caicó, equipamos a Sala do Empreendedor (ainda não inaugurada), elaboramos um plano de compras governamentais para estimular a desburocratização e as compras locais, fomentamos o associativismo e a sustentabilidade. Torcemos que Caicó entre no páreo nas próximas edições!

Diego Vale
Empreendedor caicoense, mestrando em Gestão Pública