Dia dos Pais deve injetar R$ 63 milhões no comércio do Rio Grande do Norte

A Fecomércio RN divulga os resultados da pesquisa de intenção de compras para o Dia dos Pais em Natal e Mossoró.  A data, que este ano será comemorada em 14 de agosto, contribui com o aquecimento das vendas, especialmente de artigos voltados ao público masculino em vários segmentos do comércio. O objetivo do estudo foi identificar os perfis de compras e auxiliar empresários e lojistas a entenderem o que o consumidor deseja consumir, dando mais eficiência ao planejamento das vendas. 

O presidente do Sistema Fecomércio RN, Marcelo Queiroz, comenta que, ao todo, a expectativa é de que mais de R$ 63 milhões sejam injetados no comércio do Rio Grande do Norte, por ocasião da celebração. 

De acordo com a pesquisa, cerca de 400 mil natalenses devem ir às compras, o que representa uma injeção de, aproximadamente, R$ 51 milhões no comércio da capital potiguar.  O número é 15,8% maior do que o computado na mesma pesquisa realizada em 2021, que estimava movimento em torno de R$ 44 milhões na economia de Natal. 

Os dados da Fecomércio RN mostram uma disposição maior dos consumidores em presentear os pais: neste ano, 51,9% dos natalenses afirmaram que pretendem ir às compras. No ano passado, 47,8% dos consumidores tinham intenção de presentear os entes queridos nesta data comemorativa.  

As mulheres (55,3%) são a maioria entre os entrevistados que responderam à pesquisa, contra 48,3% dos homens que pretendem presentear os pais na data comemorativa. A maioria é jovem, com idades entre 18 e 24 anos (65,4%). Em relação ao grau de escolaridade, a maioria dos que vão às compras têm ensino superior ou mais, com 55,8%. No quesito renda familiar, a intenção de consumo é maior entre os que possuem rendimentos acima de 10 salários mínimos (81,8%). 

Entre as categorias de produtos buscados, os setores já tradicionalmente comercializados ganham força na data comemorativa: 54,7% afirmaram que irão presentear com itens de vestuário, 19,3% calçados e acessórios, enquanto perfumaria/cosméticos correspondem a 16,8%.  Os demais tipos de presentes citados foram eletroeletrônicos ou celulares (5,4%), joias ou relógios (2,8%), entre outros (2,4%). 

De acordo com o levantamento, serão presenteados os pais (81,6%), maridos (22,2%), sogros (4,1%), avôs (3,5%), entre outros parentes. A maioria dos consumidores pretende comprar um item, com 63,7% das citações. Já 30,6% comprarão dois produtos e 5,7% comprarão três ou mais. 

Em relação aos gastos com presentes, para 40,1% dos natalenses consultados, o gasto será de R$ 51,00 a R$ 100,00. Já 33,4% dos entrevistados deverão priorizar presentes entre R$101,00 e R$ 200,00, enquanto 15,3% gastarão cifras superiores a R$ 200,00. Em Natal, na média, o consumo no Dia dos Pais 2022 será de R$ 126,43, de acordo com estudo da Fecomércio RN. O gasto é 5,8% nominalmente maior do que o revelado na pesquisa de 2021 (R$ 119,49).  

Pagamento 

A maioria dos consumidores que vão às compras pretende pagar os itens à vista. Essa é a intenção de 54,1% dos entrevistados, um aumento de 13,3 pontos percentuais na comparação com o mesmo levantamento feito em 2021. Sobre o pagamento parcelado, 45,9% pretendem utilizar essa modalidade, queda de 8,7 pontos percentuais em relação à 2021.  

No quesito local da compra, os shoppings lideram a preferência dos consumidores, com 47,5% das intenções. Cabe registrar que esta expectativa indica um aumento de 7 pontos percentuais acerca dos dados de 2022. As compras no comércio de rua aparecem logo a seguir com 35,7% das indicações dos consumidores. As compras pela internet aparecem com 9,6%. 

Mossoró 

Com base nos dados levantados pelo Instituto Fecomércio RN, estima-se que aproximadamente 87 mil mossoroenses devam ir às compras no período que antecede o Dia dos Pais, o que representa um incremento de quase R$ 12 milhões no comércio de Mossoró. O valor é 15,2% superior ao registrado na mesma pesquisa realizada em 2021, que movimentou pouco mais de 10 milhões de reais na economia do município. 

A pesquisa revela que 46,3% dos consumidores mossoroenses pretendem presentear no Dia dos Pais. O resultado é próximo ao registrado no ano passado, com variação de 1,4 ponto percentual menor em relação à intenção de consumo apurada em 2021 (47,7%). As mulheres apresentam-se mais favoráveis a intenção de compra com 53,7%.  

Já as categorias de produtos que os consumidores pretendem presentear no Dia dos Pais envolvem itens de vestuário (40,6%), perfumaria e cosméticos (26,5%), calçados e acessórios (20,9%) e eletroeletrônicos (6,4%). 

Os mossoroenses declararam que os principais fatores que vão influenciar as suas decisões para a escolha do presente serão baseados principalmente nas ofertas e promoções (52,8%). A marca do produto aparece com 22,5% das respostas. A maioria dos que vão às compras afirmaram que pretendem comprar um item, com 65,2% das respostas. 26,2% comprarão dois produtos e 8,6% comprarão três ou mais itens para presentear. 

Para 32,2% dos consultados que vão às compras, o investimento será de R$ 101,00 a R$ 200; 27,1% deverão priorizar presentes acima de R$ 200,00; e 21% dos mossoroenses que vão às compras almejam gastar até R$ 100,00. Importante ressaltar que 19,7% dos entrevistados, no momento da pesquisa, disseram que ainda não decidiram quanto irão desembolsar para compra dos produtos. 

O valor médio que os consumidores revelaram estar dispostos a pagar por presentes será de R$ 136,91. Comparado à Pesquisa de Intenção de Compras para o Dia dos Pais realizada no ano passado, quando o preço revelado foi de R$ 117,40. Houve um aumento nominal do valor médio de 16,6%. 

Já em referência à forma de pagamento, a pesquisa do Instituto Fecomércio verificou que, em Mossoró, a compra parcelada (52,4%) deve superar a aquisição à vista (43,8%). Quando ao local de compra, 43,5% dos consumidores pretendem comprar no comércio de rua e 28,9% em shoppings. Outros 12,5% devem manter a preferência pelos canais de internet.