Deputado Ubaldo Fernandes promove audiência de alerta para a prevenção ao Coronavírus

Na próxima terça-feira (18), às 14h, o deputado Ubaldo Fernandes (PL) promoverá uma audiência pública na Assembleia Legislativa com o tema “Coronavírus e RN: estamos preparados?”. O parlamentar tem chamado a atenção para a questão da prevenção contra a epidemia mundial do coronavírus e com a incidência de casos suspeitos no Brasil.

Precisamos ter essa preocupação já que o coronavírus se espalha rapidamente pelo mundo e tivemos inclusive, um caso suspeito sendo investigado aqui em nosso Estado. Temos que saber das autoridades quais medidas estão sendo tomadas. O Rio Grande do Norte é vocacionado para o turismo e, se não tivermos o devido controle, a epidemia poderia vir a afetar a saúde da população e a economia norte-rio-grandense”, disse Ubaldo.

O encontro pretende esclarecer sobre o plano estadual de prevenção e combate ao coronavírus e tratar de sua divulgação para a sociedade. Este novo vírus já matou 1.113 mortes pessoas na China, onde foi originado e tem maior incidência. No Brasil, de acordo com os dados do Ministério da Saúde, não há registro do coronavírus e os seis casos suspeitos estão concentrados nas regiões Sudeste e Sul.

A audiência pública da próxima terça-feira (18) será no auditório Deputado Cortez Pereira, da Assembleia Legislativa, e deverá reunir especialistas e representantes dos órgãos competentes, inclusive autoridades responsáveis pelos portos e aeroportos do Estado. “Faço esse convite a toda a sociedade para debatermos um tema de fundamental importância e que está em evidência mundial”, observou Ubaldo Fernandes.

Dados do Brasil

Segundo o Ministério da Saúde, o Brasil permanece sem registro do novo coronavírus, que já atinge 24 países além da China. Os seis casos suspeitos estão concentrados nas regiões Sudeste e Sul, com três investigações em São Paulo, uma no Paraná e duas no Rio Grande do Sul. Até agora, 40 casos foram descartados em todo país.

Todas as notificações foram recebidas, avaliadas e discutidas com especialistas do Ministério da Saúde, caso a caso, junto com as autoridades de saúde dos estados e municípios. Esses descartes aconteceram principalmente por causa do resultado positivo para outros vírus respiratórios.

Dados no mundo

Foram notificadas 1.113 mortes na China (casos confirmados com transmissão local) e apenas uma morte nas Filipinas. Em todo mundo, foram confirmados 45.612 casos do coronavírus, com maior incidência na China (45.171), Japão (203), Cingapura (47), Tailândia (33) e Coréia (28).