DEM e PR liberam integrantes para apoio no segundo turno

O Democratas soltou nota na manhã de hoje (10) para informar que está liberando os líderes e militantes da legenda para apresentar a sua manifestação de voto no segundo turno, “seguindo as suas convicções”. No documento, assinado pelo presidente nacional do DEM, Antonio Carlos Magalhães Neto (ACM Neto), o partido afirma que mantém o compromisso de contribuir com a construção de um “Novo Brasil” e diz que o momento pede a substituição da prática do “toma lá dá cá” da velha política pelos verdadeiros interesses públicos.

“Governar com os mais qualificados e ter responsabilidade fiscal. Encontrar uma solução para os mais de 13 milhões de brasileiros que estão desempregados. É hora de enfrentar, com coragem e determinação, o desafio de soerguer o nosso país”, disse ACM Neto.

O PR também vai liberar seus integrantes para apoiar um dos dois candidatos à Presidência no segundo turno: Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT). A informação foi dada há pouco pelo líder da legenda na Câmara, deputado José Rocha. Segundo ele, a decisão foi da comissão executiva nacional do partido.