Curta Caicó capacita 100 estudantes de escolas públicas com oficinas de cinema

Ao final das oficinas, serão produzidos quatro curtas-metragens que serão exibidos no encerramento do Curta Caicó

Cerca de 100 estudantes de escolas públicas de Caicó estão sendo beneficiados com a realização de oficinas de linguagem audiovisual, promovidas pelo Curta Caicó.  Até o próximo dia 23 de setembro, o cineasta pernambucano Marlon Meirelles está realizando uma verdadeira maratona do projeto “Documentando” nessas escolas e, como resultado final da oficina, serão produzidos quatro curtas-metragens que serão exibidos no encerramento do festival.

Nesta semana, as oficinas estão sendo realizadas na Escola Estadual Antônio Aladim e Escola Estadual Zuza Januário. Entre os dias 19 e 23 será a vez da Escola Estadual Padre Edmund Kagerer e Escola Estadual Professora Calpúrnia Caldas de Amorim. Durante a oficina os alunos conhecerão as técnicas para produção de um curta-metragem, desde a elaboração do roteiro, noções de fotográfica e montagem. Além dos estudantes, as oficinas também contam com a presença de professores que terão como missão multiplicar esses conhecimentos em sala de aula.

“O audiovisual é uma ferramenta importante na sala de aula. Com os conhecimentos adquiridos em sala de aula, os estudantes poderão desenvolver seus próprios projetos, tendo em vista que os celulares de hoje possuem câmeras e há vários aplicativos de edição. A presença dos professores nessas oficinas também é importante para que esses conhecimentos possam ser multiplicados”, destacou Raildon Lucena, diretor do Curta Caicó.

O 5º Curta Caicó é uma realização da Referência Comunicação e conta com patrocínio da Eletrocenter, Supermercado Santa Rita, MC Telecom Revendas TIM e Seridó Plast. O festival também conta o apoio do Sistema Fecomércio do RN através do SESC RN. Além dos seguintes apoios culturais: UEPB, Cardume, Cineland, ACCIRN, Místika, Tarrafa Produtora Audiovisual e Bobox Produções.