CPI da Covid decide cancelar depoimento do ministro Queiroga

Os senadores da Comissão Parlamentar de Inquérito da Covid-19 decidiram, em reunião virtual na manhã desta terça-feira (12), cancelando uma convocação do ministro da Saúde, Marcelo Queiroga. O depoimento dele à comissão estava marcado para a próxima segunda-feira (18). Ao R7 , o presidente da Comissão, Omar Aziz (PSD-AM), confirmou a desistência e disse que um novo depoimento de Queiroga não fornece informações relevantes, já que ele foi ouvido em outros momentos.

No lugar de Queiroga, CPI ouve, no dia 18, o médico pneumologista Carlos Carvalho. Os senadores querem saber se os critérios solicitados o adiamento da reunião da Comissão Nacional de Incorporação de Tecnologias no Sistema Único de Saúde (Conitec) para análise de um relatório que vetava o uso do “kit Covid”.

Parentes de morte também são esperadas na reunião da próxima segunda. Omar Aziz confirmou o calendário inicial anunciado por ele. A leitura do relatório final elaborado por Renan Calheiros (MDB-AL) será na terça-feira (19). A votação do documento está mantida para o dia seguinte. Aziz também descartou prorrogação dos trabalhos da CPI.

Do R7