Covid: Governo do RN inicia testagem em servidores públicos

O Governo do Rio Grande do Norte iniciou nesta segunda-feira (14) a testagem sorológica em servidores públicos estaduais. Serão disponibilizados 16 mil exames, que identificam se a pessoa já teve contato com o coronavírus. Essa é mais uma medida preventiva tomada durante a pandemia e que integra o Plano de Ampliação da Jornada de Trabalho Presencial do Poder Executivo Estadual. A ação foi divulgada durante a coletiva de imprensa para atualização dos dados epidemiológicos da pandemia, na Escola de Governo.

O objetivo da ação, que será conduzida pelas Secretarias de Estado da Saúde Pública (Sesap) e da Administração (Sead), é investigar o padrão sorológico dos servidores públicos para o novo coronavírus, auxiliando nas orientações e medidas preventivas. A testagem de servidores deverá acontecer ao longo dos próximos três meses.

A médica do Trabalho, membro da Comissão Permanente de Inspeção Médica Oficial da SEAD e do Núcleo Estadual de Segurança e Saúde do Trabalhador e da Trabalhadora da Sesap, Hosana Silveira, explicou que o objetivo é “conhecer o perfil epidemiológico dos servidores públicos ativos e ampliar o plano de retorno das atividades laborais dos órgãos estaduais em todo o Rio Grande do Norte”.

Para ter acesso ao exame, o servidor estadual deverá ter apresentado sintomas da covid-19 e estar assintomático há pelo menos 14 dias, além de não ter sido diagnosticado pela doença anteriormente em testes laboratoriais como o RT-PCR (swab nasal). Quem desejar ser testado deverá antes preencher o formulário para triagem de testagem sorológica de servidores, disponível NESTE LINK (Clique aqui).

O link também foi enviado pela Secretaria de Saúde aos órgãos da administração direta e indireta via processo no Sistema Eletrônico de Informações (SEI). Neste formulário, terá que fornecer informações pessoais, que serão analisadas por especialistas médicos da Sesap.

A expectativa é que os pareceres médicos sejam concluídos, no máximo, em até cinco dias da data da solicitação pelo servidor, podendo o intervalo de tempo ser menor dependendo da demanda. O servidor receberá uma ligação para o serviço de teleconsulta, que avaliará se ele se enquadra na indicação da realização do exame. Caso seja aprovado, terá o seu agendamento efetivado para ser testado.

Em Natal, os exames sorológicos serão realizados apenas mediante agendamento, na Escola de Governo, no Centro Administrativo do Estado, no horário entre 7h30 e 13h30. Todavia, os profissionais que trabalham nas unidades de saúde pertencentes à Sesap na região da Grande Natal devem procurar as suas unidades para fazer o teste. Os servidores lotados no interior do RN serão encaminhados para unidades de coletas de referência habilitadas mais próximas das suas residências, não havendo a necessidade de deslocamento para a capital.

O Governo do Estado reforça a importância de todos os trabalhadores seguirem as recomendações das autoridades sanitárias e que estão preconizadas no Plano de Ampliação da Jornada de Trabalho Presencial, como maneiras mais eficazes para se evitar a contaminação pelo novo coronavírus. As principais são fazer o uso adequado de máscaras, higienizar regularmente as mãos e manter o distanciamento social.

DADOS EPIDEMIOLÓGICOS

Nesta segunda-feira, o isolamento social está em 44% e a taxa de transmissibilidade é de 0,87 no RN. Contudo, três regiões do Rio Grande do Norte ainda apresentam a taxa acima de 1: Alto Oeste (1,09), Oeste (1,11) e Seridó (1,09).

De acordo com a secretária adjunta da Sesap, Maura Sobreira, a população deve continuar com os cuidados: “A pandemia continua. Ainda temos uma situação de alerta na transmissão da doença em todo o Estado. A redução dos óbitos é um reflexo das ações do Governo do Estado em parceria com os municípios. Mas precisamos da colaboração de todos no enfrentamento da doença”.

Os casos confirmados somam 65.360; os casos suspeitos chegaram a 29.133; e os descartados são 126.089. Já em relação aos óbitos, foram registrados 2.317 (1 nas últimas 24h) e há 283 mortes em investigação. Ainda de acordo com os dados apresentados pela Secretaria de Saúde, a taxa de ocupação dos leitos de UTI na rede pública é de 39% com 226 pessoas internadas na rede pública e privada de saúde no Estado.

A ocupação de leitos por região está distribuída dessa foram: Metropolitana de Natal (38%), Mato Grande e Agreste (0%), Oeste (34%), Alto Oeste (50%), Potengi-Trairi (18%) e Seridó (62%).