Correria, gritos e feridos: mais de 200 adolescentes se envolvem em briga generalizada em shopping na Argentina; vídeo

Correria, gritos e feridos: mais de 200 adolescentes se envolvem em briga generalizada em shopping na Argentina
Correria, gritos e feridos: mais de 200 adolescentes se envolvem em briga generalizada em shopping na Argentina — Foto: Reprodução/X

Um shopping da Zona Norte de Buenos Aires, na Argentina, viveu uma tarde de terror neste sábado, quando mais de 200 adolescentes se enfrentaram na praça de alimentação do centro comercial. Como saldo da massiva briga, pelo menos quatro jovens ficaram feridos por arma branca. A segurança do local e a Polícia de Buenos Aires tiveram que intervir, e pelo menos 15 foram detidos.

Segundo o primeiro relatório policial, a disputa ocorreu ontem no andar superior do Tortugas Open Mall (TOM), na localidade de Tortuguitas no município de Malvinas Argentinas, onde fica a área da praça de alimentação e dos cinemas. Lá, os jovens se reuniram por meio de uma convocação nas redes sociais chamada “Juntada Pilchera”.

A hora do encontro era às 15h e os adolescentes entraram no TOM onde, por razões que estão sendo investigadas, começaram a brigar. Uma discussão verbal escalou em tensão e terminou com o enfrentamento entre as gangues no meio do setor, onde havia várias famílias que tiveram que sair correndo para evitar ficar no meio da disputa.

As forças de segurança indicaram que foram alertadas por uma ligação ao 911 e, ao chegarem ao TOM, encontraram uma briga protagonizada por mais de 200 adolescentes.

“Ao chegar, observam cerca de 250 menores de idade de diferentes sexos se golpeando, por isso procedem a intervir e tentar separar, conseguindo dispersar a multidão. Como resultado da briga, 4 ficaram feridos com cortes de faca”, diz o relatório policial, que detalha que os adolescentes feridos têm entre 14 e 16 anos.

Em três dos casos, os ferimentos foram superficiais; apenas um garoto de 15 anos precisou ser atendido por ferimentos perfurantes no abdômen e na perna direita.

Além disso, um menor de 15 anos foi detido e em sua posse foi encontrado um faca de cozinha; ele foi apontado por testemunhas como um dos agressores. Perto da meia-noite de ontem, a informação policial foi ampliada, indicando que outros 14 jovens foram detidos e outras duas armas brancas foram apreendidas.

A UFI Juvenil de San Martín, a cargo de Mateo Guidone, está envolvida e dispôs a imputação dos 15 detidos.

Fonte: O Globo

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.