Corinthians diz que proposta de quitação de dívida está equacionada

O presidente da Caixa Econômica Federal, Carlos Vieira (esq.), e o presidente do Corinthians, Duilio Monteiro Alves (dir.), na Neo Química Arena
O presidente da Caixa Econômica Federal, Carlos Vieira (esq.), e o presidente do Corinthians, Duilio Monteiro Alves (dir.), na Neo Química Arena

O Corinthians afirmou que a proposta para a quitação da dívida do clube com a Caixa Econômica Federal está em “trâmites nos devidos órgãos de controle”. O banco estatal emprestou R$ 400 milhões para a construção da Neo Química Arena, estádio do time, em 2013. No entanto, por causa de juros e correções, o valor da dívida subiu e atualmente está em R$ 611 milhões.

No domingo (19.nov.2023), o presidente do Corinthians, Duilio Monteiro Alves, se encontrou com o presidente do banco estatal, Carlos Vieira, em uma visita à Neo Química Arena.

“Com a proposta para a quitação da dívida com a Caixa equacionada e em trâmites nos devidos órgãos de controle, a visita institucional serviu para o presidente conhecer in loco nossa casa, reforçando a parceria entre as partes”, disse o dirigente corintiano em nota compartilhada nas redes sociais do time. Por fim, ele agradeceu a visita e a “confiança”. 

O presidente do clube paulista apresentou na 6ª feira (17.nov) a Vieira uma proposta de renegociação da dívida do clube com o banco durante reunião em Brasília (DF).

O estádio do Corinthians fica no bairro de Itaquera, em São Paulo, e foi construído com dinheiro público. A confirmação da obra se deu em setembro de 2010 e o início, no ano seguinte. A arena foi um projeto para a Copa do Mundo de Futebol de 2014.

Leia também:

Fonte: Poder360

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.