Coreia do Sul dispara tiros de advertência contra soldados norte-coreanos que cruzaram a fronteira

Tensão na fronteira leva militares do Norte e do Sul a manterem constante atividade de alerta
Tensão na fronteira leva militares do Norte e do Sul a manterem constante atividade de alerta — Foto: Ministério da Defesa da Coreia do Sul/AFP

Soldados sul-coreanos dispararam tiros de advertência depois que militares norte-coreanos cruzaram brevemente a fronteira entre os dois países, informou o Estado-Maior Conjunto de Seul, nesta terça-feira.

“Alguns soldados norte-coreanos que trabalhavam na DMZ (zona fronteiriça desmilitarizada) cruzaram brevemente a Linha de Demarcação Militar. Depois que nossos militares transmitiram mensagens e dispararam tiros de advertência, eles recuaram em direção ao norte”, disse o Estado-Maior, em um comunicado.

O incidente ocorreu nesse domingo, 9 de junho. “Além da retirada imediata dos soldados norte-coreanos, após os nossos disparos de alerta, nenhum movimento incomum foi observado”, acrescentou.

As relações entre as duas Coreias atravessam um dos momentos mais tensos dos últimos anos.

Nas últimas semanas, a Coreia do Norte lançou centenas de balões carregados de lixo, como pontas de cigarro, papel higiênico e fezes, contra seu vizinho do Sul, em retaliação a outros balões enviados por ativistas sul-coreanos que transportavam propaganda anti-Pyongyang.

O governo sul-coreano suspendeu este mês um acordo militar de 2018, criado para reduzir as tensões e retomou as transmissões de propaganda em alto-falantes ao longo da fronteira. O Norte acusou Seul de criar “uma nova crise”.

Fonte: O Globo

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.