Comissão convoca ministro para falar sobre mulher de líder de facção

Ministro Silvio Almeida deve dar explicações na Câmara até o dia 5 de dezembro

A CFFC (Comissão de Fiscalização Financeira e Controle) da Câmara dos Deputados aprovou convite para que o ministro dos Direitos Humanos e da Cidadania, Silvio Almeida, preste esclarecimentos em audiência sobre a visita de Luciane Barbosa de Freitas ao ministério em novembro. Casada com o líder do Comando Vermelho no Amazonas, ela teve a viagem até Brasília custeada pelo MDHC.

O convite foi aprovado na 2ª feira (20.nov.2023). O documento tem origem em 5 requerimentos distintos, com o mesmo teor, de autoria dos deputados:

Eis a íntegra dos requerimentos (PDF- 3 MB)

A expectativa é de que o ministro preste esclarecimentos em 5 de dezembro. Entretanto, segundo o deputado Josenildo (PDT-AP), titular da comissão, a audiência pode ser antecipada para 29 de novembro.

Esclarecimentos do ministro sobre o caso também foram solicitados à Comissão de Segurança Pública da Câmara. Ao todo, 4 requerimentos estão em tramitação pelo colegiado. Os pedidos são de autoria dos deputados Marcos Pollon (PL/MS), Delegado Paulo Bilynskyj (PL/SP), Helio Lopes (PL/RJ) e Junio Amaral (PL/MG). Eis a íntegra dos pedidos (PDF – 573 kB).

A comissão de Segurança Pública ainda não tratou dos requerimentos, mas diálogos foram estabelecidos para que o grupo e a CFFC realizem uma audiência conjunta com Silvio Almeida.

“Em função do exíguo tempo que temos até o final do encerramento do ano legislativo, vamos propor que a sessão da CFFC seja junta à da Segurança Pública”, afirmou Josenildo na 2ª (20.nov).

O Poder360 procurou a assessoria do Ministério dos Direitos Humanos e Cidadania para obter um posicionamento sobre o convite, mas não houve resposta até a publicação desta reportagem. O espaço segue aberto.

O ministro da Justiça e Segurança Pública, Flavio Dino, faltou à convocação da Comissão de Segurança Pública e Crime Organizado nesta 3ª (21.nov). Também havia sido convidado para prestar esclarecimentos sobre a presença de Luciana Barbosa Freitas na sede do seu ministério.

Em ofício ao presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), o ministro declarou que o ambiente da Casa seria “perigoso” à sua integridade. É a 3ª vez que Dino falta a uma convocação.

Fonte: Poder360

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.