Cidade ucraniana constrói escolas subterrâneas em meio a ataques

Construção de escola subterrânea na região ucraniana de Kharkiv
 15/11/2023   REUTERS/Vyacheslav Madiyevskyy
© REUTERS/Vyacheslav Madiyevskyy

Diante da ameaça constante de ataques aéreos russos, autoridades da região de Kharkiv, no leste da Ucrânia, começaram a construir escolas subterrâneas fortificadas que permitirão que as crianças retornem com segurança aos estudos presenciais à medida que a invasão de Moscou continua.

As escolas da região de cerca de 2,5 milhões de pessoas, que faz fronteira com a Rússia, foram forçadas a funcionar online após a invasão do Kremlin em fevereiro de 2022.

Kharkiv é frequentemente alvo de mísseis, drones e artilharia russos. Na quinta-feira (16), autoridades da região relataram que assentamentos em três distritos diferentes haviam sido atingidos nas 24 horas anteriores.

Duas escolas, cada uma acomodando até 500 pessoas, estão atualmente em construção e serão capazes de resistir a ataques diretos, disse o arquiteto-chefe regional Anton Korotovskykh. “Essas estruturas serão equipadas com tudo o que for necessário para o processo de aprendizado”, afirmou ele em entrevista à Reuters.

Mais construções estão planejadas até o final do próximo ano, disse Korotovskykh. Ele informou que 817 instalações educacionais na região de Kharkiv foram danificadas ou arruinadas durante a invasão russa.

Em uma manhã recente, trabalhadores soldavam camadas de reforço de aço e colocavam cimento ao som das sirenes de ataque aéreo que tocam regularmente.

Os espaços serão equipados com sistemas de ventilação, encanamento e aquecimento totalmente funcionais, disse Serhiy Petrulyanis, cuja empresa está construindo uma das escolas. “Ou seja, as pessoas poderão permanecer aqui mais do que apenas um dia.”

Os ucranianos agora estão se preparando para mais um inverno com prováveis ataques aéreos russos contra infraestruturas essenciais, que, no ano passado, causaram apagões generalizados em todo o país.

*É proibida a reprodução deste conteúdo

Fonte: Agência Brasil

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.