Chuvas em Santa Catarina deixam 71 municípios em estado de emergência

Quase 6000 mil pessoas estão desabrigadas -  (crédito: Roberto Zacarias/Ascom Defesa Civil de SC)
Quase 6000 mil pessoas estão desabrigadas - (crédito: Roberto Zacarias/Ascom Defesa Civil de SC)

Cerca de 71 municípios de Santa Catarina estão em situação de emergência por conta das chuvas registradas desde 14 de novembro. Desse número, 11 estão em estado de calamidade pública: Trombudo Central, Rio do Sul, Vidal Ramos, Rio do Oeste, Pouso Redondo, Botuverá, São João Batista, Agrolândia, Braço do Trombudo, Agronômica e Lontras.

De acordo com a Defesa Civil, a Região Oeste é a mais impactada. As principais ocorrências estão relacionadas com as fortes chuvas, temporais, inundações, vendavais, alagamentos, granizo e enxurradas.

Um relatório elaborado pela Diretoria de Gestão de Desastres mostra que, em 16 de novembro, ocorreram três mortes, sendo duas mulheres, no município de Taió, e um homem, no município de Palmitos. Na última sexta-feira (17/11), um homem desapareceu em Praia Grande. 

A situação deixou 5.858 pessoas desabrigadas. Até o momento, 37 municípios contam com abrigos abertos. Já o número de pessoas desalojadas está sendo contabilizado pelos municípios.

Chuvas em Porto Alegre

Nesta segunda-feira (20), uma comporta cedeu e as águas do rio Guaíba alagaram as ruas de Porto Alegre, no Rio Grande do Sul. A região mais afetada foi a do Quarto Distrito. Essa é a segunda maior cheia do rio desde 1941. Em setembro, o rio atingiu o nível de 3,18m. Em novembro, voltou a encher, batendo a marca de 3,14 metros.

Fonte: Correio Braziliense

© 2024 Blog do Marcos Dantas. Todos os direitos reservados.
Proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site sem prévia autorização.