Ceres realiza IX Colóquio Nacional História Cultural e Sensibilidades

O Centro de Ensino Superior do Seridó (Ceres/UFRN), campus Caicó, realiza a IX edição do Colóquio Nacional História Cultural e Sensibilidades, que neste ano traz como tema Sertões: poder e representações. O evento é destinado a discentes e docentes que tenham como enfoque o estudo em História Cultural e acontece no período de 18 a 21 de novembro, nas dependências do campus de Caicó, das 8h às 22h. As inscrições são feitas via Sigaa.

O Colóquio busca, a partir da interdisciplinaridade, promover discussões atuais com base na necessidade da formação autônoma, crítica e criativa de professores e pesquisadores mediante a História Cultural. Dessa forma, discussões, por exemplo, sobre identidade, gênero, patrimônio material e imaterial e histórias dos sertões serão realizadas no evento.

A abertura acontecerá às 19h, com a presença do reitor da UFRN, José Daniel Diniz, seguida da conferência Desobediência epistêmica e desejo de reparação: por uma teoria feminista decolonial da Históriaque será proferida pela professora Maria da Glória de Oliveira, doutora em História Social pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), no dia 18, às 20h. A conferência de encerramento, intitulada As representações anticomunistas e seus usos políticos, pelo professor  Dr. Rodrigo de Patto Sá Motta – Universidade Federal de Minas gerais (UFMG).

A manhã do primeiro dia do evento está destinada ao credenciamento. A programação começa à tarde, com Simpósios Temáticos, Mesas Redondas. O Colóquio ainda conta com o lançamento de livros e  atividades culturais.