Caso Marielle: Bolsonaro diz estar interessado na solução

Do Poder 360 – O presidente Jair Bolsonaro disse nesta 3ª feira (12.mar.2019) que está “interessado em saber quem mandou matar” a vereadora Marielle Franco. A declaração foi dada a jornalistas após reunião com o presidente do Paraguai, Mauro Abdo Benítez, no Palácio do Planalto.

Dois suspeitos pelo assassinato da vereadora Marielle Franco e seu motorista Anderson Gomes foram presos nesta 3ª no Rio de Janeiro. Os acusados são Ronnie Lessa, policial militar reformado, 48 anos, e o ex-policial militar Élcio Vieira de Queiroz, 46.

Segundo as investigações da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Ronnie foi o responsável pelos disparos contra a vereadora e o fez do banco de trás do carro. Élcio teria dirigido o veículo. A apuração ainda busca pelos mandantes do crime.

Élcio Queiroz, um dos presos nesta 3ª, aparece ao lado de Bolsonaro em uma foto publicada em seu Facebook. “Tenho foto com milhares de militares no Brasil todo”, disse o presidente.
O presidente afirmou que não existe crime impossível de solucionar e se mostrou otimista quanto ao desfecho das investigações. “Acredito que não existe crime impossível. Coisa rara. Pode investigar, espero que a apuração leve de fato ao mandante”.