Câmara de Cerro Corá vai analisar contas de ex-prefeito que ameaça reeleição da prefeita

A Comissão de Finanças da Câmara Municipal de Cerro Corá, que tem na presidência a vereadora Graça Santos (PSD), terá o vereador Felipe Silva (PSDB) como relator dos processos sobre as prestações de contas do ex-prefeito Raimundo Borges, o Novinho (PSDB), relacionadas aos exercícios financeiros de 2009 e 2010. Novinho ameaça hoje à reeleição da prefeita Graça Oliveira (PSD). O Tribunal de Contas do Estado (TCE) emitiu pareceres, baseado em relatórios técnicos de auditores da Secretaria de Controle Externo, pelas reprovações das contas de “Novinho”. Na Câmara, que é uma casa política, os nove vereadores vão dizer se aprovam ou não os pareceres do TCE, informa o Blog Cerro Corá News, do jornalista Valdir Julião.

Por se tratar de uma decisão mais política do que técnica, a tendência é que as contas de “Novinho” sejam aprovadas na Comissão, onde o ex-prefeito também conta como aliado o vereador Emanuel Gomes (PP), que é tido como eventual companheiro de chapa majoritária encabeçada por Novinho. A presidente da Comissão de Finanças, Graça Santos, integra a base aliada da prefeita Graça Oliveira (PSD) e, provavelmente, votará pela desaprovação das contas do ex-prefeito.

Antes de ir à votação no plenário da Câmara, a Comissão de Finanças deve analisar e votar relatórios com pareceres do vereador Felipe Silva, que por sinal é filho do ex-prefeito de Cerro Corá.